Buscar
  • Evandro Lins

Com avanço da vacinação e baixa nos casos, Hospital de Campanha é desativado em Toritama


Foi oficialmente desativado neste final de semana, o Hospital de Campanha para tratamento do vírus da Covid-19, em Toritama. A unidade foi a primeira inaugurada no interior de Pernambuco, em abril de 2020. O local funcionou no prédio da Escola José Jota de Araújo, na Av. João Manoel da Silva, ao lado do Hospital Nossa Senhora de Fátima.


Uma ano e seis meses depois, com o avanço da vacinação, os casos tiveram uma queda significativa possibilitando as flexibilizações para retomada das atividades econômicas e sociais, e consequentemente a desativação do Hospital.

De acordo com o Secretário de Saúde, Júnior Mariano, foram mais de 6 mil pessoas atendidas, diversas transferências e um número considerável de recuperados na unidade.

“O Hospital foi essencial para o enfrentamento da pandemia. Se fizemos todas as homenagens possíveis, ainda não seria suficiente para expressarmos toda nossa gratidão as equipes, médicos, enfermeiros, auxiliar de serviços gerais, bombeiros, técnicos de enfermagem. Quando ainda nem tínhamos a vacina, e todos pediam o fique em casa, eles estavam lá para cuidar dos pacientes”. - Destacou.

A partir dessa segunda-feira (01), os pacientes que apresentarem sintomas da doença serão atendidos em uma ala exclusiva de COVID-19 dentro do Hospital Nossa Senhora de Fátima.