Buscar
  • Evandro Lins

Covid-19: Em Pernambuco, somente a região Agreste tem crescimento no número de óbitos e casos


Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, Pernambuco apresentou uma segunda semana de redução de casos no meio de junho. A redução de três dados fizeram o governo repensar a retomada: os óbitos, casos e as solicitações de UTI.  O ápice de óbitos e casos do novo coronavírus em Pernambuco foi registrado na semana de 10 a 16 de maio.


Nesta semana, foram 2.150 casos e 625 óbitos. Já o sistema de saúde teve maior demanda na semana seguinte, de 17 a 23 de maio. Pela primeira vez a taxa de ocupação de UTI aparece abaixo de 90%. Na avaliação por região, somente a Agreste, representada pela Macro II e III, têm confirmado o aumento no número de solicitação de UTIs, casos e óbitos.


A Secretaria reitera que essa tendência de queda dos indicadores tem firmada a execução de um plano de retomada. Ainda assim, é necessário a manutenção dos hábitos coletivos como uso de máscara, higienização das mãos e evitar aglomerações. “Ainda é muito cedo pra fazer qualquer tipo de comemoração. A epidemia não tem se comportado de forma uniforme em todo os Estado.


Essa tendência não está sendo observada na região Agreste, por isso não estão seguindo o plano de reabertura do comércio”, pontua André Longo, secretário de Saúde do Estado.  O secretário, também reafirma que existe a possibilidade de uma segunda onda de contágio. “Não será o poder público que conseguiu garantir. Cabe os protocolos serem executados de forma a evitar o retorno da doença com um alto número de casos. Se o comércio se mostrar irresponsável nessa retomada, a vigilância sanitária terá que intervir”.





Blog do Evandro Lins        Copyrigth 2020.                                                                                            

-copyright_90662.png

Desenvolvido por Essencial Comunicação & Mídia - essencialpp@gmail.com