Buscar
  • Evandro Lins

Em menos de um mês, Pernambuco chega a 65 mortes por influenza; total de casos passa de 8,3 mil


A Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou, nesta terça-feira (11), mais 27 mortes em decorrência da influenza no Estado. Com a atualização, são, ao todo, 65 óbitos por gripe notificados laboratorialmente em menos de um mês - a primeira morte ocorreu em 19 de dezembro passado.


Das 65 mortes, detalha a SES-PE, 22 foram de homens e 43, de mulheres. Além disso, 64 foram confirmados para influenza A H3N2 e em uma amostra não foi possível identificar a cepa do vírus (subtipada).


O balanço da Saúde também atualizou os dados de casos registrados de forma oficial. Agora, Pernambuco acumula 8.337 casos de influenza A desde dezembro - sendo 1.945 amostras positivas apenas nessa nova rodada de análises feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE).


Dos 8.337 casos informados oficialmente, 8.245 são de influenza A H3N2 e 92 influenza A não subtipada.


Até o momento, 799 casos, equivalente a 9,6% do total, apresentaram quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), sendo 790 do subtipo H3N2 e 9 casos não subtipados.