Buscar
  • Evandro Lins

Governador descarta novo lokdown e diz que medidas permanecem as mesmas


Em meio à alta demanda por leitos de UTI e crescentes rumores sobre um novo lockdown total em Pernambuco, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, usou as redes sociais nesta terça-feira (9) para dizer que, por ora, seguem valendo as normas definidas no mais recente decreto estadual. O documento, que vale até o dia 17 de março, estabelece limitação de horários para atividades não essenciais durante os dias de semana e proibição aos sábados e domingos.


"Por enquanto, as medidas restritivas já anunciadas permanecem: só serviços essenciais das 20 às 5h, de segunda à sexta-feira e no próximo final de semana manteremos o fechamento total das atividades não essenciais. Nos últimos dez dias, abrimos 106 leitos de UTI em Pernambuco. Até a próxima sexta, outros 90 novos leitos devem entrar em operação. Continuamos aumentando nossa capacidade de atendimento e analisando os números da pandemia, dia a dia", escreveu o governador, em seu perfil oficial no Twitter.

As restrições atualmente em curso incluem bares, restaurantes, shoppings, lojas de rua e parques, que devem fechar totalmente aos fins de semana e funcionar apenas no horário determinado nos dias úteis. As praias podem ser frequentadas apenas para exercício físico individual, ficando proibidos o banho de mar e o lazer na faixa de areia. O boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) desta terça indica ocupação de 95% nos leitos de UTI para Covid da rede pública e demanda de 91% na rede privada.