Buscar
  • Evandro Lins

Suspeito de matar mulher trans a facadas em Santa Cruz do Capibaribe é levado ao presídio


O suspeito de matar Fabiana da Silva Licas , de 30 anos, a facadas foi levado ao Presídio de Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi caracterizado como transfobia e aconteceu na madrugada do dia 7 de julho.


O homem, após cometer o crime, foi agredido por pessoas que estavam próximas ao local onde Fabiana foi morta. Ele foi encaminhado ao Hospital da Restauração, no Recife, onde ficou sob custódia da polícia.

Após receber alta, ele teve a prisão em flagrante convertida em prisão preventiva e foi levado à unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.