Buscar
  • Evandro Lins



Durante entrevista à rádio Toritama FM, na manhã desta sexta-feira (21), o prefeito Edilson Tavares deu uma declaração bombástica ao revelar que está engajado em uma ação que pode expandir os limites territoriais do município de Toritama. O prefeito já pediu uma audiência na Assembleia Legislativa de Pernambuco, junto ao presidente Deputado Eriberto Medeiros para tratar do caso.

Segundo Edilson, ao analisar alguns documentos, ficou convencido que existe um equívoco na demarcação dos limites, e que o rio Capibaribe nunca foi o divisor entre os municípios de Toritama e Caruaru. Ao tomar conhecimento do caso, Edilson solicitou a cópia original do documento da lei de criação do município na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), que confirmam que o rio Capibaribe não divide os municípios. Os dados estão no diário oficial do estado, na edição do dia 30 de Dezembro de 1953.


“Existe uma possibilidade real de fazermos uma correção demográfica dos limites territoriais de Toritama. Já estamos trabalhando a muito tempo nisso. Nós descobrimos que a lei de criação do município de Toritama, não contempla o rio Capibaribe como divisor dos limites entre Toritama e Caruaru. Os limites de Toritama são usados como referência o riacho do Borba até a confluência com o riacho das Lajes. O que eu quero agora é que a lei seja cumprida. É o que está na lei”. - Afirmou.

Símbolo


“Os rios sempre costumam ser utilizados para demarcar limites territoriais, e talvez por isso, ao passar dos anos acreditava-se que o Rio Capibaribe dividia Toritama com Caruaru, mas os mais velhos sabem que o símbolo da nossa bandeira é a pedra da Torre, que fica na Vila Canaã”. - Argumentou o prefeito.

Diálogo com Raquel Lyra


Questionado sobre o debate do tema com a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), Edilson se monstro tranquilo e que espera por uma postura amistosa.


“Eu não quero conflito, não quero torna isso um litígio. Espero que tenha o apoio dela, até porque a Vila Canaã não é cuidada por Caruaru”. - Disse.

Vai até onde?


Pelo que consta na lei, o município de Toritama praticamente dobraria de tamanho. Deixando de se limitar ao rio Capibaribe, Toritama ganharia não só à Vila Canaã, mas toda extensão até próximo do Hotel Village às margens da BR-104.



O atendimento presencial ao público externo está suspenso em todas as unidades do Ministério Público de Pernambuco entre os dias 21 de janeiro e 2 de fevereiro. A medida, voltada a minimizar os riscos de contágio pela variante ômicron do novo Coronavírus e pelo vírus Influenza H3N2, foi implementada por meio da Portaria Conjunta PGJ-CGMP nº 002/2022.


A publicação normatiza as providências estabelecidas em reunião realizada nesta quinta-feira (20) com participação da Procuradoria-Geral de Justiça, Corregedoria Geral do Ministério Público, CAO Educação, Subprocuradoria-Geral de Justiça em Assuntos Administrativos, Ouvidoria, Secretaria-Geral e AMPPE.


Durante o período mencionado, o acesso às unidades do MPPE será restrito ao público interno da Instituição, bem como a magistrados, advogados, defensores públicos e auxiliares da Justiça, bem como partes e interessados desde que comprovem a necessidade de atendimento presencial de urgência. Nesses casos, será exigido que as pessoas admitidas apresentem comprovante do ciclo vacinal completo e utilizem os equipamentos de proteção individual indicados, nos moldes das exigências em vigor desde a publicação da Portaria Conjunta PGJ-CGMP nº 012/2021.


O MPPE seguirá atendendo ao público pernambucano de forma prioritariamente virtual, com o recebimento e tramitação eletrônicos de documentos, realização de audiências extrajudiciais e reuniões por meio da ferramenta Google Meet.

altasss.jpg
WhatsApp Image 2021-10-07 at 15.28.30 (1).jpeg
p1.jpeg
Santana textiles.jpg
WhatsApp Image 2021-10-07 at 15.21.35.jpeg
OTI.png
EVANDRO - MOBI.png
Altas Horas.png
EVANDRO - orto.png
WhatsApp Image 2021-11-17 at 16.43_edite
WhatsApp Image 2021-11-17 at 16.43.16.jpeg
jjjjjjjjjj.png
UNA.png
Açaí.png
WhatsApp Image 2021-10-07 at 15.21.36.jpeg
0003.jpg
Essencial.png