Buscar
  • Evandro Lins

Celpe muda de nome e passa a se chamar Neoenergia Pernambuco


Desde a segunda-feira (23), a Celpe, distribuidora pernambucana de energia, ganhou uma nova identidade e incorpora o nome do grupo Neoenergia, um dos maiores do setor elétrico do Brasil.


A Neoenergia Pernambuco distribui energia elétrica para os 184 municípios de Pernambuco e para a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba. Também é responsável pela geração e distribuição de energia elétrica no Arquipélago de Fernando de Noronha. Sua área de concessão é de 98,5 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 3,8 milhões de clientes (9,4 milhões de habitantes).


O movimento de mudança da identidade ocorre inclusive nos ambientes digitais (sites e redes sociais) e corporativo. Gradualmente, a mudança acontece nas contas de energia elétrica dos clientes da distribuição, nos postos de atendimento, nos veículos da frota de serviços e no fardamento dos colaboradores.


A alteração gradual faz parte da estratégia de comunicação da empresa. “A intenção é apresentar a nova marca, mantendo os laços de identificação com os clientes que, progressivamente, irão se familiarizar com a nova identidade da companhia que mantém como ícones principais a folha, a gota e a chama”, afirma a companhia.


A nova identificação traz Pernambuco no nome. A mudança da marca também será realizada nos demais negócios do grupo Neoenergia, incluindo as outras quatro distribuidoras.


“A unificação concretiza um processo de consolidação da marca com o compromisso de oferecer serviços cada vez melhores. A companhia se fortalece como um agente de transformação dos ambientes onde está inserida, por meio do investimento, do desenvolvimento e da inovação”, afirma Marcus Barros, superintendente de Comunicação Externa da Neoenergia.


De acordo com a ex-estatal, privatizada em 2000 no governo Jarbas Vasconcelos, em Pernambuco, a nova marca busca retratar o senso de pertencimento da distribuidora.