Buscar
  • Evandro Lins

Governo de Pernambuco decide manter aulas presenciais suspensas


O Governo de Pernambuco decidiu prorrogar até o dia 22 de setembro a suspensão das aulas presenciais na educação básica em todo o Estado. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (14), após reunião do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19.


Segundo o governo estadual, os dados serão avaliados novamente na próxima segunda (21), para deliberação sobre o cronograma do plano de retorno das redes pública e privada.


Os donos das escolas particulares defendem a retomada gradual das instituições de ensino. O presidente do Sindicato das Escolas Privadas de Ensino (Sinepe), José Ricardo Diniz, fala em “retorno progressivo e imediato”.


A categoria realizou um protesto no dia 3 de setembro para cobrar a agilidade na reabertura. No mesmo dia, o governador Paulo Câmara (PSB) afirmou que não era o momento para a retomada das aulas.